Conheça a culinária típica da Região Nordeste do Brasil - POSTAL BRASIL

Gastronomia


Região Nordeste



A região já é muito visitada e amada devido seus belos pontos turísticos. Mas a comida do nordeste também chama a atenção em proporções iguais. É composta por nove estados no total: Alagoas, Bahia, Ceará, Piauí, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Na Bahia e no Pernambuco, os pratos africanos fazem sucesso, por causa da escravidão dos negros. No estado baiano, as escravas africanas produziam as comidas típicas e pratos sagrados com alto significado religioso. Exemplo disso, existem o abará e o acarajé, vendido atualmente nos tabuleiros das baianas. Outros pratos populares estão o caruru e o vatapá. Os elementos principais da cozinha baiana são o azeite de dendê, o coco, a pimenta e o quiabo que são frequentemente adicionados às receitas.

Em Alagoas, assim como no Ceará prevalecem os pratos com frutos do mar. As comidas do Ceará também são compostas por alimentos como a paçoca, a carne de sol, a macaxeira e o baião-de-dois.

Já no Maranhão, com um forte contribuição dos portugueses, receberam pratos com temperos picantes e uma comida característica do estado. Os pratos oriundos de Portugal foram mantidos e perpetuados pela dona de casa portuguesa. Um exemplo, é a galinha ao molho pardo, feito com o sangue da ave, que deu origem a famosa galinha de cabidela. Outros pratos lusitanos estão o sarapatel e a buchada.

Em Paraíba, no litoral, podemos encontrar peixes, caranguejos, camarões e lagostas, tudo ao molho, feito com coco ou tomate. No interior do estado são servidos a carne de sol e a galinha cabidela.

Já no Piauí o estado difere dos demais vizinhos do nordeste: os temperos. Os piauienses fazem uso freqüente de cheiros verdes como coentro e cebolinha nas suas receitas. O "Baião-de-dois" por vezes é servido com milho, toucinho, pé e orelha de porco. Essa mistura é denominada então "Pintado" ou "Mucunzá".

No Rio Grande do Norte a presença constante de pratos como caranguejadas, peixe frito, ensopado de ostras, e camarão ao coco nos restaurantes litorâneos.

Entre os pratos típicos do Sergipe, temos a deliciosa torta de macaxeira com charque, o cuscuz, o beiju de tapioca, batata-doce e arroz-doce.


Publicidade

Pratos mais populares


Acarajé


Comida típica da Bahia, é feito a partir do bolinho de feijão fradinho preparado de maneira artesanal, na qual o feijão é moído em um pilão de pedra, temperado e posteriormente frito no azeite de dendê fervente. Pode ser cortado ao meio e recheado. Entre os recheios mais comuns estão vatapá, caruru, camarão refogado, pimenta e salada de tomates verde e vermelho com coentro. A origem do acarajé remonta à vinda de escravos africanos e hoje é apreciada por turistas brasileiros e estrangeiros. Em 2012, as baianas do acarajé foram reconhecidas como Patrimônio Imaterial da Bahia.



Buchada


Prato nordestino feito com miúdos como rins, fígado e vísceras brancas de bode e tripas temperadas e servidas dentro de bolsas feitas com o próprio estômago do animal. No sertão nordestino é costume servir o prato em ocasiões especiais, tais como festas, batizados e recepção de visitantes ilustres.



Vatapá


Criado por influência da culinária africana, trazida pelos escravos. Alimento de consistência cremosa e cuja receita tem variações. Uma das mais comuns, típica da Bahia, é feita à base de camarão seco, pão, leite de coco, amendoim e castanha de caju. O preparo pode variar de estado para estado.




Publicidade


Outros pratos típicos da região


Veja algumas destas receitas deliciosas:

♦ Acarajé
♦ Macaxeira Gratinada à Moda Nordestina
♦ Paçoca de Carne
♦ Tapioca com Fécula de Mandioca


Publicidade

Caderno de Turismo

Conheça o nosso Caderno de Turismo com as melhores rotas e sugestões para a sua viagem.



Programa Postal Brasil

Assista ao Programa Postal Brasil on-line e conheça as riquesas do nosso país.


Publicidade

Fontes:
http://culinarianomundo.blogspot.com.br/2012/07/culinaria-do-nordeste-do-brasil.html
http://comidas-tipicas.info/comidas-do-nordeste.html


Compartilhe este artigo:
Publicidade
Descubra o Brasil